TUCA PUC 1977
EU QUASE QUE NADA SEI. MAS DESCONFIO DE MUITA COISA. GUIMARÃES ROSA.

domingo, 29 de novembro de 2009

Eita, ministro!


I want to break free

Freddy Mercury. Foi-se em 24 de novembro de 1991...

em 1977..

Love of my life, Queen, 1977

Pancadaria

Vídeo Pancadaria em São Luis, Maranhão no Sindicato dos Bancários, dia 4 de novembro, no lançamento do livro de Palmério Dória, Honoráveis bandidos, sobre a saga (e a sede) do clã Sarney.

Fim de ano

Não sei de quem é a imagem. Sorry.
Fim de ano. Cansada. Indignada. Eita, vida!

Somos todos arrogantes!


... sou cria da década de 60/70 passando pela 80. Sou mais velha, até. Por isso quando vou às reuniões dos Conselhos ou colegiados da minha Universidade sinto-me um dinossauro. Nem pela idade, mas pelas idéias. Uma aluna do Curso de Graduação em Engenharia Química foi jubililada por passar dos 9 anos permitos para a conclusão do curso. Ela está doente. Depressão, síndrome do pânico. Entrou com recurso no Conselho de ensino. Alegação para a recusa à aluna: 1) os laudos preenchidos pelos sucessivos médicos psiquiatras, neurologistas e por uma psicóloga não estava em conformidade com as regras de preenchimento; 2) se ela voltar pode custar mais à Universidade do que já custou.

***********

O primeiro argumento é falso. Não preenchimento com TODAS as regras não é faltar com as próprias regras. É alegação de burocrata. Burocratas da ditadura faziam isso. O segundo argumento é dos governadores. Nós somos professores. Professores que ficam doentes e têm seus laudos preenchidos como o da aluna. Simples professores e não egos inflados. Uma metáfora para descrever a felicidade com que se vota contra alunos doentes (depressão) é conselho balão. É tão inflado o eguinho dos teachers que se chegarmos com uma agulha a um metro de distância tudo explode!

****************

Isso me deixou pensativa. Mais do que já estou. Além de indignada, é claro! "Fucei" minha estante e já vou reler o livro de Luigi Zoja, analista junguiano, da Editora Áxis Mundi. História da Arrogância. E como ela avança!
P.S. 64 professores votaram contra a aluna; 3 ficaram em cima do muro, 18 votaram a favor. Leiam: a psicologia das minorias ativas, de Moscovici.

E o Arruda, hein?!


Putz!

do Solda

Lançamento conturbado....

Imagem: do Toinho de Passira


Li no Blog do Acir Vidal sobre o lançamento do livro HONORÁVEIS BANDIDOS no MARANHÃO:


"NENHUMA LIVRARIA ACEITOU ABRIGAR O LANÇAMENTO DO LIVRO DE PALMÉRIO DÓRIA EM SÃO LUIS (MA). O jeito foi improvisar o lançamento no Sindicato dos bancários no dia 4 de novembro de 2009 com a presença de jagunços que atacou a festa". É o Maranhão de Sarney, amigo do rei.
TaÍ! É um perigo ler este livro. Custa barato. Já comprei uns 4 para dar de presente. Cada colega que ganha tem que passar o seu livro para outros leitores.

Anônimo reclama:

Alô, anônimo.

Você diz que apesar de mim, a Universidade em que trabalho é a primeira no Paraná. Já isso nem posso dizer de você, não é?
Alô, anônimo.
Pergunta-me porque não expus o artigo do Cesar Benjamin sobre a "fome" sexual do noço líder. SINCERAMENTE: eu fiquei com vergonha de ser brasileira!

domingo, 22 de novembro de 2009

Pisa na Fulo

Pisa na Fulo, João do Vale por Nazaré Pereira

Saudade, João do Vale....

Carcará, Betânia , João do Vale

Pago meia?



Poizé!


Grão do tucano


While my guitar ....

While my guitar gently weeps, Beatles

Universidade, semana da MODA


Mina, a gatinha da casa, novamente em pauta.


Nofa!


Uau!




Bajuleichon


Eita, opozissão!


Do Acir Vidal
Os tucanos parecem chimpanzés. Vivem juntos, mas se matam. Que desgraça ter uma OPOZISSÃO déça! Um bate em mulher. Zé bonitinho da noite carioca. Outro, enfezadinho de São Paulo.

Ciro Goma

Esta imagem está mesmo "maneira", Acir! Só rindo e chorando (ao mesmo tempo) quando ouvimos a incontrolável verborréia do Ciro. Oh, Ciro, volte para casa!

Taleban, ôps, Uniban


Enviado pelo José de Arimatheia!
Grata!

quinta-feira, 19 de novembro de 2009

O roto ri do rasgado...


Ratos....



Seo ARTUR, volte pra casa!


Aposentando...



A cobra coral de Artur Virgílio...


Entre convidar a Ministra Dilma Roussef e o Ministro Edson Lobão, os senATORES de Brasólia, resolveram convidar para explicar como ocorreu o apagão no senATO a Fundação esotérica COBRA CORAL. A proposta foi do fanfarrão e ator, ôps, senATOR Artur Virgílio. O senATOR da cobra acha bonito brincar ganhando salário dos no$$os impostos. Temos que fechar o senATO. Oh, Artur, volte para casa!

terça-feira, 17 de novembro de 2009

Gratidão


Assisti DIVÃ com minha sobrinha Débora. Sentei-me desencorajada na sala. Preconceito. Um filme de entretenimento? Vencido o preconceito, ri muito. Depois parei. Enfim, é uma comédia lírica. Lilia Cabral faz uma esposa que se separa do marido. Procura um terapeuta, Lopes. Começa a se ver, se repensar... SE...
A cena com seu ex-marido em um restaurante é brilhante. Ela diz ao seu ex que quer agradecê-lo por ele ter se casado com ela, por tê-la escolhido para ser mãe de seus filhos... Sublime cena.
Senti uma imensa ternura pela personagem. Senti inveja. Não posso fazer o mesmo. Agradecer. Será? Teria coragem de agradecer, sim.

Beleza....



Grace Kelly, 1955 em Nova Yorque, EUA

Bela, sublime... Por Elliot Erwitt

1960...

Elliott Erwitt, Reno, Nevada, EUA, 1960.

segunda-feira, 16 de novembro de 2009

Na Má-ringa


Já falei dessa igreja construída aos poucos, na surdina pelos não pecadores evangélicos. Fotografia da Rua de Alencar de Oliveira Paiva. Uma igreja construída na obscuridade. A fotografia é do Blog do Rigon. A prefeitura vê? Eu creio que sim, mas faz de conta que não. Votos dos fiéis? óBvio!
Depois os fiéis são gente boa, hein? E aí, prefeitura? O negócio vai continuar? $$$$$$$$$$$$$$$$$$

Téo, meu neto!


Este é o Téo. Filho da Moon. Fiz o parto dele há mais de 6 anos. É criado pela Edilene e Ana. Folgado, como se vê!

Quantos ladrões!


Maluf quer apoiar Serra....


Taí! Como o diabo gosta! do Acir Vidal

O Cara!

Do Acir Vidal

Censura? sou contra!


Para ir ao Taleban, ôps, digo UNIBAN...

Da série: Hoje eu vou assim.... Verão 2010.

Nós, os professores!


Quer ler algo bacana e inteligente? Veja no Blog do Professor Roberto Romano o texto de Fernando Savater.
Professor Romano: formei em 1977. Na escola estadual em que dei aulas em 1978 em São Paulo (Bairro Butantã) não havia um crucifixo na sala. Em compensação tinha o marido coronel da diretora que nos crucificava. Nós, professores e alunos.
Em 1981 dei aulas de ciências em Porto Ferreira, SP. Virgem Santa que a religião era tanta! Cada sala de aula um crucifixo. Logo comigo. Logo eu, que sonhava com paredes com grandes fotografias de Einstein, Darwin, Fernando Pessoa... com escola com mosaicos, arte, cinema....
A sala de aula e a igreja matriz eram tão iguais! Havia estudado nesta mesma escola em que dei aula. O mesmo crucifixo. Tantos anos depois e era a minha vez de ficar no tablado. Fui péssima profe dos meninos. Não consegui catequizar ninguém. Hoje, novamente em sala de aula, alguns alunos tentam me catequizar. Eles são péssimos catequizadores.

Retornando 2.... quero um divã!


Fim de ano. Fim de um monte de coisa. Notas ( e eu ainda não terminei de fazer as avaliações), artigos, trabalhos, gestão... Até pensei em me aposentar. Daí, fica tudo pendurado. Fico devendo. Sinto muito, mas cansei. Tô pensando onde vou morar. Ninguém que se aposenta fica em Maringá. Sei lá. Deve ser a maldição da Má-ringa. Mabel e Dalva foram para a Bahia. Cris para a Cruel-ritiba, como diz o Solda. Outro colega voltou para São Paulo. Nestes três lugares já decidi que não vou. Num faz muito calor. Noutro, nada me atrai. Em São Paulo, nem pensar. Talvez, para Paris. Mas meu dinheiro de aposentada não dará pro croissant.
Cheguei de um evento em Florianópolis. Cidade legal, com gente boa. Trânsito ruim, mas o povo pára na faixa e você atravessa a rua. Viu, maringaense de carro! Fiz novos amigos. Alôoooo! Na volta a eterna rotina. Minha via preferida é a cantina. Conversar com meu ex-aluno Murilo e a Juliana, a Juju. No mais, um bocado de fluoxetina para tolerar os mais intolerantes.
********************************
Ontem a noite assisti ao filme DIVÃ com a Lilia Cabral. Saudade do divã. Quem sabe eu decido para onde vou. Dei aula a manhã toda. Retorno às aulas à noite. Estou cá com meus botões. Estou pensando no DIVÃ.

Braziu!

Braziu!

Arquivo do blog

Marcadores