TUCA PUC 1977
EU QUASE QUE NADA SEI. MAS DESCONFIO DE MUITA COISA. GUIMARÃES ROSA.

quinta-feira, 31 de julho de 2008

Negócios

Miran

...


Na Má-ringa!

Sem comentários, please!

Passeando pelos sebos...

...encontrei uma pérola: o livro de Osogi Sakae, Memórias de um anarquista japonês. Edições Conrado. Viveu entre 1885 a 1923. É chamado de "o anarquista erótico". Um rebelde japonês. Muiiito interessante.

Elliott Erwitt


EUA, década de 40

Santinho de políticos

Aqui na Vila Esperança com o Bairro Cidade Jardim, os dois últimos dias foram mais amenos. Alguns "banners" de candidatos sorridentes (tão rindo do quê?). Tudo calmo. Os Pinóquios afinam seus narizes....

Doha...


quarta-feira, 30 de julho de 2008

Idéias ...

Tenho muitas idéias, mas não dá para executá-las. Se fosse em outra cidade. Uma cidade menos conservadora e ordeira... vá lá...
Mas, me contem: não dá uma vontade danada de "grafitar", enfeitar os outdoors dos políticos? Tipo: bigodinhos de Hitler, bigodinhos do Cantinflas, óculos escuros etc. Não dá vontade de pichar muros com frases sem graça? Tipo: Edmar ... a pior! Não vote Arruda, vote roseira! Marion no (com sotaque japonês, ok), XI, Zebrou.... A cidade ficaria bem humorada!

Almanaque



Com atraso, mas cá está: O Almanaque que a Teresa Meneghel faz. Um doce. Fofo. A Teresa, gentilmente, deixa alguns aqui e eu repasso para os vizinhos. Obrigada, Teresa! Sempre fofa, vc!

Stardust song


1940, com Glenn Miller
Ouça. listen, oiga

1940, com Artie Shaw
À Necilda que chegou hoje neste Blog! Aquele abraço.
A música é mninha lembrança da adolescência. Pode uma coisa dessa?!

Poizé!

Do Acir Vidal, blog adorável.....

Hoje eu acordei assim...

Imagem: Romanelli (mas não o deputado, tá?)

Muito cansada. Tenho acordado cansada. Muitas provas para corrigir. Estudar para dar aulas. Responder e-mails administrativos. MAS, nada me cansa mais do que resolver problemas domésticos no trabalho. Cada dia mais fico "desollé".
****
Hoje muitas pessoas vieram me dizer que o prefeito da Má-ringa, candidato à reeleição, foi impugnado. Estavam felizes por isso. Pergunto: e daí? Li o texto de ROBERTO ROMANO sobre os fichas sujas. Os juízes fazem a lista. Perguntamos: e daí? O problema não está na ponta. Na hora que saem os nomes dos candidatos. O problema não está na lista. Está no processo. Na Má-ringa vimos os vereadores locais comprarem laptops sem licitação a preço de ouro 18. A justiça é lenta. Por que impunidade aos políticos? O prefeito e os vereadores certamente sairão da lista; irão a um programa de TV bem manjado e sairão como vítimas. E, daí?
******
Fico lendo e relendo alguns clássicos da psicologia. De suas páginas consigo ver esses eternos candidatos ao poder local. Eles e seus CABOS eletorais. "Miserê" pouca é bobagem. Pergunto-me: por que a elite da cidade vota como o povo mais frágil economicamente. Onde é que as duas pontas da escala econômica se encontram? Por que um advogado experiente, culto vota no candidato bizarro (bizarro: gordo de tanto churrasco, fala mal, compra laptop sem licitação...)?
********
Hoje vi o outdoor de um candidato Zé-bonitinho, desses meninos classe média com mania de riquinho. Deu vontade de parar o carro e pintar um bigodinho de Hitler nelle. Decidamente, estou cansada.

Nofa!


Sublime...

Elliott Erwitt

Vossas santidades


O mala


Hoje acordamos assim...

CAP-tirado do Blog do RIGON

Eçes políticos....


Do Fabio Campana
Tony Garcia condenado a seis anos de serviços comunitários
Quarta-feira, 30 de Julho de 2008 – 14:47 hs

Antônio Celso Garcia, o Tony Garcia, foi condenado, com trânsito em julgado, na ação penal 2003.7000021364-3 movida pelo Ministério Público Federal pela prática de crimes financeiros praticados no âmbito do Consórcio Nacional Garibaldi. Segundo a 2.ª Vara Federal Criminal de Curitiba.
Por ter colaborado com a Justiça e por ter se comprometido a indenizar parcialmente os lesados, a pena foi reduzida para seis anos de prestação de serviços comunitários.
Recentemente, foram depositados em Juízo R$ 10.844.046,69 que servirão para ressarcir os danos provocados aos consorciados lesados.
Serão igualmente utilizados para esta finalidade dois imóveis pertencentes ao Consórcio Nacional Garibaldi e que foram confiscados pela Justiça, por se entender, em primeira e segunda instâncias (ainda sem trânsito em julgado), que teria havido alienação fraudulenta deles para a empresa Compton Participações Ltda. (processo 2006.7000004383-0).
A execução da sentença condenatória, no que se refere a habilitação dos consorciados e rateio entre eles, corre atualmente na 5.ª Vara Federal Cível de Curitiba (processo 2007.7000004156-4). A forma e critérios de convocação e habilitação dos consorciados e do rateio entre eles serão definidos pela 5.ª Vara.

Kóf, kófff


Que situação! fazer Olimpíada no mais alto grau de poluição. Aproveito para dar um pitaco: na Má-ringa a ciclovia da Mandacarú tem servido para as pessoas caminharem fazendo exercícios. Sabemos o risco cardíaco disso? Não é aconselhável fazer exercícios físicos em grandes avenidas, pois respiramos a poluição do lugar e ... o coração não tolera isso. Mas, vá avisar o povo!

Hoje acordei assim: mais um doutorado na Universidade


O dia, quarta-feira, começou com a boa notícia. Aprovado o DOUTORADO em Educação para a Ciência e Matemática na Universidade Estadual de Maringá. Uau! Um viva aos professores!
Charge Millôr
Enviado pelo amigo Grozny Arruda. Obrigada!
CÉSAR BENJAMIN

Juros, câmbio e contas externas
Voltamos a depender de capitais de curto prazo para financiar um déficit externo crescente; já vimos esse filme
O governo vem reagindo de maneira frouxa à mudança no cenário das contas externas. O problema é tratado de forma difusa, não sistemática, sem que ninguém se sinta claramente responsável por ele. Os resultados em transações correntes estão negativos desde outubro de 2007, e as piores expectativas têm sido sistematicamente superadas. A balança comercial brasileira começou a perder dinamismo em 2006, quando as exportações praticamente estagnaram (em "quantum"), enquanto as importações continuavam a crescer. De lá para cá, a situação tem se agravado com rapidez. O Ipea acaba de rever para baixo as suas previsões, passando a trabalhar com um saldo situado no intervalo entre US$ 21,6 bilhões e US$ 25,1 bilhões, apesar de os preços dos nossos principais produtos de exportação continuarem excepcionalmente altos. Se a melhor dessas hipóteses se realizar, teremos uma queda de quase 40% no saldo comercial em apenas um ano. Num saudável exercício de transparência, o Ipea divulgou uma Nota Técnica em que procura compreender o seu erro de previsão. "O principal fator responsável pela deterioração nas transações correntes", diz a Nota, "foram as remessas de lucros e dividendos", que quase dobraram, em 2008, quando comparadas com o mesmo período do ano passado."Os lucros das empresas globais no Brasil têm ajudado a recapitalizar as matrizes nos EUA e na Europa." Um motivo importante para ambos os resultados ruins -balança comercial em queda e remessas em alta- é a nossa taxa de câmbio, cuja fixação descolou da economia real. Os especuladores vendem posições futuras em dólar e compram posições presentes em juros, apostando na apreciação do real. As empresas de infra-estrutura que foram desnacionalizadas e as empresas brasileiras endividadas em dólar empurram na mesma direção. O Banco Central sanciona esses movimentos, interessado nas metas de inflação. As filiais de empresas multinacionais aproveitam para aumentar as remessas. Formou-se, assim, uma grande aliança que se beneficia da permanente apreciação do câmbio.Porém, um período prolongado de valorização cambial, em um contexto de abertura comercial e financeira, tem um impacto negativo profundo na estrutura produtiva do país. A cadeia dos setores intensivos em tecnologia e capital perde densidade. A indústria, como um todo, tende a concentrar-se mais na finalização de produtos, pois nesses casos os componentes importados são quase iguais ao produto final. Só se mantêm competitivos no mercado internacional os setores em que o Brasil tem enorme vantagem comparativa, ou seja, basicamente, os produtores de bens primários e de algumas commodities. A pauta de exportações regride. Hoje, dos 20 produtos mais importantes, que correspondem a mais de 50% das nossas vendas externas, apenas 2 têm alta densidade tecnológica. Há muitos anos a economia brasileira funciona com os dois preços fundamentais -os juros e o câmbio- fora do lugar. As conseqüências disso sobre todo o sistema de preços, e, portanto, sobre as decisões de investimento, são evidentes.A política econômica atual amplia essas distorções. As famosas reservas de US$ 200 bilhões têm pés de barro, pois são a contrapartida de um passivo externo que é um múltiplo delas e não pára de crescer. Voltamos a depender de capitais de curto prazo para financiar um déficit externo crescente. São eles os principais beneficiários dos juros altos e do dólar barato. Já vimos esse filme mais de uma vez. Ele nunca acaba bem.
CÉSAR BENJAMIN, 53, editor da Editora Contraponto e doutor honoris causa da Universidade Bicentenária de Aragua (Venezuela), é autor de "Bom Combate" (Contraponto, 2006).

segunda-feira, 28 de julho de 2008

Laranjal brasiu!


Na Má-ringa!


Disse a semana passada que a GREVE dos motoristas de ônibus da imponente TCCC-GOL ia trucidar mais ainda os trabalhadores. Não deu outra. A imponente empresa que lucra com dinheiro público (da prefeitura), que junta dois em um (motorista com cobrador na figura do motorista), que cobra mais do que os ônibus em SPaulo.... e que IMPERA sozinha na Má-ringa SAI vitoriosa. Nada mal para os já bom da bola, digo, roda.

Fuja!


Na Má-ringa, a boa ação!

Do Messias Mendes
O Comitê será lançado oficialmente amanhã às 10hs na Cúria Diocesana de Maringá. Todos os candidatos a prefeito estão convidados. Será que teremos lá alguém constrangido? Será que surgirá algum indicativo de denúncia de compra de voto? Sim, porque já circula pela cidade a informação de que já tem campanha (bem estruturada e com dinheiro saindo pelo ladrão) "convencendo" moradores a colocar baners em suas casas em troca de agradinho$. Claro que é difícil provar essa prática, já registrada em passado recente, mas impossível não é. Até porque, são 5 candidaturas de chegada e tá todo mundo de olho em todo mundo, o que é ótimo para a transparência do processo eleitoral.
A sensação de impunidade dá uma certa segurança a transgressores contumazes, mas que fiquem espertos, porque dessa vez, o buraco pode ser mais embaixo. Assim esperam as dezenas de milhares de maringaenses com vegonha na cara.
**************************************
MESSIAS,
aqui na Vila Esperança os candidatos têm feito prome$$a$. No Jardim Alvorada também. VAMOS denunciar falsas prome&&a& e falsos homens.

Posições tardias

Foto de Elliott Erwitt
Continuo na leitura do livro POSIÇÕES TARDIAS, do psi-médico Di Loretto. LEIO:

"Quase todos - no mínimo 2/3 das crianças esquizo-maníacas que atendi ou supervisionei nos últimos dez anos, 12 anos - haviam recebido previamente o diagnóstico de Distúrbio da Atenção e Hiperatividade. Por vezes, há muitos anos.

Estes diagnósticos são maldades que se fazem com crianças. Pura preguiça de usar os neurônios que pensam. E pior, maldades óbvias, sem grandeza. As dossociações geram condutas agitadas, inquietas, hiperativas.....[...] ... é fácil impingir às crianças, as toneladas de Ritalina que elas hoje ingerem. Que tem efeito sintomático por 3, 4 meses. [...]

A epidemiologia dos esquizo-maníacos é bem clara, bem delimitada e curiosa: não escolhe sexo, raça, religião ou grau de escolaridade. Mas, tem nítida preferência pelas duas pontas da escala econômica. Encontrei mais esquizo-maníaco nos filhos de famílias imensamente ricas e nos oriundos de famílias imensamente pobres, do que em toda a gama da dita classe-média. ...não é fácil ser pai rico [...] .... e também não é fácil ser pai muito pobre.

O pai ou mãe rica ... o que faz diante de um filho que lhe pede o 8º celular do ano? Diz que não pode e estará mentindo. E o pai pobre... "[ter a onipotência da cabeça permanentemente castarda pela dura realidade, não faz bem à cabeça". "Me comovi atendebdo um sem número de pequenos pacientes que não esperavam pelo Papai Noel, nem pelo Coelho de Páscoa. Esperavam pelo 13º salário do pai!"

*******************************
Paro aqui hoje. O texto faz me pensar nos vereadores e prefeitos das cidades - todos oriundos de famílias pobres - sendo comandados por mocinhos ou velhinhos de famílias abastadas. Teremos esquizo-paranóicos no "puder"?

Blog do Protogenes


O Blog do Protógenes Queiroz. Cap-tirado do Noblat

Os donos do "pedaço" público


Do Blog do Ricardo Noblat -
deu no correio braziliense
Grandes brigas por pequenos cargos
De Daniel Pereira:
Nem só ministérios e presidências de estatais, com orçamentos bilionários, alimentam a corrida por cargos entre os partidos. Postos nos estados, de menor envergadura, mas de peso político nos redutos eleitorais, provocam competição ainda mais acirrada entre deputados e senadores. E dão fôlego a uma disputa que hoje, diante da proibição de empenho de emendas parlamentares pela legislação eleitoral, ocupa o topo das preocupações da coordenação política do governo, pelo potencial de gerar insatisfações na Câmara e no Senado.
Os embates não ocorrem apenas entre diferentes legendas. Há casos de rixas internas, as quais tornam ainda mais espinhosa a tarefa do Palácio do Planalto de contemplar as 14 siglas que apóiam o presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Neste mês, por exemplo, dois primos, ambos integrantes do PMDB, obrigaram a direção nacional do partido e o ministro de Relações Institucionais, José Múcio Monteiro, a decidirem quem teria a prerrogativa de indicar o chefe da Delegacia Federal de Agricultura em Sergipe. O martelo bateu em favor do senador Almeida Lima, candidato a prefeito de Aracaju. Assinante do Correio leia mais em: Grandes brigas por pequenos cargos

A eleição começa no fórum...


Do Blog de Fabio Campana, da Cruel-ritiba

Em Londrina, todos na Justiça Eleitoral
Segunda-feira, 28 de Julho de 2008 – 9:16 hs
Londrina é a cidade onde a a maioria dos candidatos enfrenta processos judiciais. Ou seja, a confronto eleitoral começa mesmo no fórum. Todos os candidatos a prefeito enfrentam processo. A começar pelos ex-prefeitos: Antonio Belinati e Luís Eduardo Cheida, que tem pedidos de impugnação contra as suas candidaturas.
Também a perigo estão André Vargas, do PT, Marcos Colli, do PV, e Barbosa Neto, do PDT. Sem contar 12 candidatos a vereador que estão no alvo do ministério Público porque respondem a ações na Justiça. Para saber mais sobre o quadro político judicial de Londrina, clique no
Leia Mais »

************************
Vamos fazer a conta do povo da Má-ringa?!

Hodie mihi, cras tibi


Do Blog do Roberto Romano

DO SEMPRE ALERTA AMIGO ALVARO CAPUTO...Pérolas – Edição Extra

Por João Ubaldo Ribeiro ESTADÃO
O governo aqui é de direita ou de esquerda? Esquerda ou direita, o que é isso? Já passamos dessa fase obsoleta há muito tempo. Os governantes aqui, abrangendo, naturalmente, todos os três poderes, são de dois tipos: os gângsteres diretos e os indiretos, sendo que geralmente existem alianças entre ambos, para facilitar os furtos e as fraudes. O restante, uma minoria insignificante, os demais políticos, vive pelos cantos, murmurando frases sem nexo e de vez em quando trocando de partido, ou para quebrar a monotonia ou porque lhe avisaram que na outra legenda ainda tem vaga de ladrão, homicida, estelionatário, CG (corrupto geral, na gíria parlamentar), xepeiros orçamentários e assim por diante.
Oposição? Sim, historicamente, sempre tivemos uma Oposição tenaz, capaz de enfrentar com denodo o martírio de ver a Situação roubando e ela de fora. Ou seja, a Oposição se compõe basicamente dos políticos que não estão se locupletando. A ideologia da Situação é se manter no poder e prosseguir larapiando. A ideologia da Oposição é chegar ao poder para larapiar também. E o lema de ambas é de tradição vetusta e nobre: ''Hodie mihi, cras tibi.'' Ou seja, mais ou menos ''hoje pra mim, pra você só amanhã''. Política é cultura.
Joao Ubaldo Ribeiro no Estado
******************************
Não entendo que tanta gente boa sonhe com uma aliança entre PT e PSDB, a qual por sinal já vem se dando em muitos municípios e em Minas Gerais. Seria a consagração da mediocridade de idéias ora vigente no Brasil.Daniel Piza no Estado
**********************************************
Vale lembrar uma frase de Delfim Netto, que entende de Estado como poucos:“Se o governo comprar um circo, o anão começa a crescer.” Do blog do Josias comentando o estudo para a criação da Lixobras, nova estatal para cuidar do lixo atomico

Eleições....


No Brasiu: crianças são mercadorias de quinta categoria

Charge Mangabeira
Do BLOG da Glória, Leopoldina, Minas Gerais

Protesto de uma leitora no jornal (sobre a criança que teve os dedos das mãos cortados na porta da creche na Má-ringa).
"Que absurdo essas professoras alegarem que outra criança fechou a porta e prensou o dedo da menina. Imagine se outra criança teria tamanha força para bater uma porta a ponto de decepar o dedo da menina. E a diretora ainda concorda com essa historinha. Mas esse é o serviço público prestado no Brasil, funcionários de mal humor atendendo a comunidade como se fosse um favor. Espero que essa mãe entre com um processo judicial alegando maus tratos à criança."

NOTÍCIA DE HOJE
Bebê morre em creche na zona norte da São Paulo
Gabriel Santos Ribeiro, de sete meses, teve uma parada cardiorrespiratória no início da tarde de sexta-feira (25), enquanto estava na creche situada na Vila Gustavo, na zona norte de São Paulo. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública, o menino foi deixado na escola por volta das 11h pelo pai, que retornou para buscá-lo por volta das 14h.
Depois de esperar do lado de fora, o pai foi chamado às pressas para o interior da creche, pois seu filho não estava respirando. O pai pegou o filho que já estava arroxeado e levou ao Hospital Nipo-Brasileiro, onde os médicos detectaram a morte por parada cardiorrespiratória.
De acordo com o pai da criança, ela estava alegre, feliz e com bom estado de saúde ao ser deixada na creche. Ele afirma que deixou na creche a comida que o menino deveria comer, já que o que era servido na escola não fazia bem à criança.
De acordo com a Secretaria de Segurança, Gabriel estava no berçário e a funcionária só percebeu que ele não respirava quando foi trocar as fraldas, pouco antes de o pai chegar.
O corpo do menino foi levado ao IML (Instituto Médico Legal), onde foram realizados exames, incluindo o toxicológico. O resultado deve sair em 30 dias. O caso será investigado no 90º DP (Parque Novo Mundo). (Fonte: Folha Online, 26/7)

Quantas mortes em creches?
Com mais uma notícia recente de um bebê morto numa creche de São Paulo, resolvi fazer uma pesquisa no Google sobre mortes e outros episódios graves nesse local em que as crianças deveriam estar protegidas e não sendo machucadas e mortas. Deparei com notícias terríveis, como de uma funcionária que abusava sexualmente de dois bebês em Joinvile/SC (essa foi condenada a 10 anos de prisão). Seguem "algumas" notícias estarrecedoras:

Criança morre em creche - Muriaé/MG
Três crianças intoxicadas em creche, uma morre - Cataguases/MG
Mais duas mortes em creches - Gramado
Bebê de quatro meses morre em creche - São Leopoldo/RS
Polícia vai apurar morte em creche - Blumenau/SC
Morte de 12 crianças em creche pública - (2000) Uruguaiana?RS
Morte de Gabriela Kraes - Rio do Sul - SC
Criança leva 52 mordidas em creche - Piauí (assista ao vídeo)
Morte em creche municipal (2004) - Curitiba/PR
Menino cai do balanço e morre - São Sebastião
Criança perde ponta de dois dedos na creche - Maringá/PR
Abuso sexual em creche - Joinvile/SC
Criança morre com soda cáustica em creche - Camboriú/SC

Trecho de uma das notícias
"O que preocupa a polícia é que este não foi o primeiro registro de descaso em creches de Curitiba. Na semana passada, uma menina de oito meses foi esquecida pelos funcionários de uma creche e passou a noite sozinha. Ela foi abandonada porque os pais se atrasaram para buscar a criança e só conseguiram ver o bebê na manhã do dia seguinte por volta das 6h20."

A Chacina de Uruguaiana
Leiam o protesto do médico Lauro Monteiro Filho sobre as 12 crianças mortas no incêndio da creche em Uruguaiana. Ele chama atenção para "Dos 18 funcionários responsáveis por 117 crianças, só 4 estavam na creche e nenhum com as crianças que morreram. Clique aqui

Leia mais Creche: qual o limite da sua responsabilidade?

sexta-feira, 25 de julho de 2008

Millôr, sempre mestre!

Como diz Acir Vidal: não foi o Blog que melhorou, foram as notícias que pioraram.

Creche de terceira idade


Cap-tirado do Acir Vidal.

Matilde!

Charge antiga do Solda. Antiga a charge, mas atual o consórcio. Pois bem: ontem fui comprar meus quitutes de classe média. Ninguém é de ferro! Pão integral, queijo light, iogurte desnatado, feijão, café, laranjas (eu não compro açucar, óleo e produtos de limpeza por atitude ecológica). Deixei de comprar o feijão, comida de petista maxoxô. Tá muito caro!

Pulseira da moda!

Última moda no Brasiu! Pena que não tem para todos os políticos.

Adultos tardios

Charge de João Bosco
Não tem jeito. Reluto, reluto, mas acabo falando de política da província Má-ringa. Nesta época flagramos candidatos saindo pela janela, capturando eleitores. Cada candidato que dá naúsea. Enfim, é melhor a democracia. Para entender os candidatos estou lendo o livro do médico psi Oswaldo Di Loreto. Chama-se Posições tardias, Editora Casa do Psicólogo. Conheci o Di Loreto aqui na Má-ringa. Divertido. O livro também é. O assunto é sério. Trata-se da Teoria das Relações Objetais que, segundo Melanir Klein, desenvolvemos após o primeiro ano de vida. Entre dois e quatro anos oscilamos entre a onipotência e a impotência. Tento explicar: nessa idade queremos ganhar todos os jogos, queremos sucesso a qualquer custo. Nos tornamos tiranos. Fazemos birra se não conseguimos os objetos que queremos. Temos que aprender a renunciar. Taí o problema. Já abdicamos pela ânsia de todo o amor do mundo. Agora, temos que renunciar ao desejo de obter todos os objetos do mundo. Os políticos parecem ser uma espécie de adultos tardios. Eles não renunciam aos desejos de obter tudo. Querem dinheiro fácil, doações de toda a espécie, de bibelôs a casas e carros. São crianças birrentas que não aprenderam a viver sem subjugar os outros. Nessa época tentam subjugar os eleitores. Retiram-lhes a dignidade oferecendo cadeiras de roda, pagando uma consulta médica nas clínicas de periferia, cortando árvores na frente de suas casas ou dando um tapinha nas costas. Quando vejo esses candidatos grandões, barrigudos, andando com seus carros pintados tenho dó do mundo. Fico com pena de mim, também. Dói ver estes bestalhões crescidos agindo como a criança birrenta que tudo quer e nada perde.

quinta-feira, 24 de julho de 2008

Na Má-ringa!


Rodando a notícia, cap-tirei do RIGON

Pesquisa contaminada
Deu no Messias:Um agente penitenciário foi visitado hoje de manhã por um pesquisador com uma plaquetinha de identificação do Instituto Data Vox. As perguntas formuladas estão totalmente em desconformidade com o B a BÁ da pesquisa de opinião. Por exemplo: o pesquisador quis saber em quem o cidadão vota, qual a obra mais importante feita pelo atual prefeito no seu bairro. Além de entrevistar duas pessoas da mesma casa, que já significa contaminação da pesquisa, o “DataBarros”, ou seja, Data Vox, ainda manda pegar nome e endereço de quem responde os questionários.Será que esta pesquisa será registrada na Justiça Eleitoral pra publicação? É bom que as coligações de oposição fiquem de olho![Recentemente Silvio II contratou a DataVox, que pertence a um assessor de seu irmão e a um assessor dele, prefeito, para fazer várias pesquisas de interesse da cidade. Aliás, nessa hora é o que deveriam estar fazendo. Ele já gastou pelo menos R$ 360 mil de recursos públicos com a DataBarros, e a última contratação foi por R$ 76 mil. Até agora, apesar dos apelos, nenhuma das pesquisas foi disponibilizada no site do município]

Na Universidade Estadual de Maringá


PROGRAMAÇÃO DA MOSTRA DO CINEMA JAPONÊS

04/08 – Segunda feira - Bom dia (Ohayou, 1959)
Direção: Yasujiro Ozu
Comentarista: Paulo Petrini (Diretor e Produtor da UEMFM)
Local: FADEC

05/08 – Terça-feira - Dersu Uzala (1975)
Direção: Akira Kurosawa
Comentarista: Rodrigo Hayasi (DFIL)
Local: FADEC

06/08 – Quarta-feira - Furyo - Em nome na honra (1983)
Direção: Nagisa Oshima
Comentarista: Eduardo Montagnari (DCS)
Local: FADEC

07/08 – Quinta-feira – Depois da Vida (Wandafuru raifu, 1998).
Direção: Hirokazu Koreeda
Comentarista: Eduardo Sasaki (Monge Budista)
Local: FADEC

Se liga!


Hoje levantei assim


Muito trabalho. Correria. Ufa! E o salário do REI-quião, ó. O período requionino sempre foi assim. Muito blá sem la plá-ta. Um miserê daqueles. Torço pela greve dos motoristas da TCCC, mas antevejo ondas de traição.
Ontem, fizemos uma visita ao Memorial Kimura, em Floriano, para uma parceria cultural. Na volta, um carro com fotografias do candidato a vereador (aliás, eterno) Zebrão, da Má-ringa, ultrapassou-me fazendo alaridos sonoros e buzinórios. Também buzinei. Etanóis! Que bando alegre! Eçe pessoá pença que tá donde? Na casa da mãe Joana. Chove, a cidade da Má-ringa fica limpa, linda, a água realça a beleza das árvores.... Nessa hora vejo a boa-ringa. E a gente continua vivendo.

quarta-feira, 23 de julho de 2008

Na Má-ringa!


Notícia da semana! Greve dos motoristas dos ônibus urbanos da TCCC. TCCC reina solita na Má-ringa. E recebe dim-dim da prefeitura. E enxugou os funcionários. Motoristas também são cobradores. A TCC é um ramo do dono da Gol, que tem esses aviões que matam os usuários por redes insanas e preços idem. Qual foi a última greve que fizeram os motoristas da Gol, digo, TCC? 1986? FAZ mais de uma década. Como reagirão os candidatos a vereadores? Estes mesmos que sempre aprovaram o reino da empresa sola na Má-ringa? Como reagirá a imprensa local? Greve nesta cidade dá um monte de políticos e empresários defendendo o seu. O desenho do Airon é a maneira como vejo os trabalhadores da TCCC.

desviando...


terça-feira, 22 de julho de 2008

Na Má-ringa!


Agora poooooode! do Messias Mendes
A Prefeitura corta 250 árvores por mês. Será que são todas árvores comprometidas? Será que atendem os pedidos de moradores dos bairros com a mesma rapidez com que atendem pedidos de farmácias, por exemplo? Lembro a propósito, da árvore que ficou dois anos ameaçando cair sobre uma casa do Borba Gato e só foi retirada porque o assunto foi até motivo de reportagem em um canal de televisão. O corte danificou o muro e a madeira ficou um mês na frente da casa. O próprio morador é que teve que reparar o muro danificado.

Recebi informação de um morador do Jardim América de que tem gente da administração correndo os bairros e se ofercendo para cortar árvores comprometidas. Porque isso agora?

*****************************************************
POIZÉ, o prefeito governa as farmácias....

Na Má-ringa! Laranjas mecânicas....

Má-ringa mais ou menos Umana....
Herrar é Umano!

Politica na cidade

Foto de Elliott Erwitt, França, década de 40
DA MARY. Não dá para passar batido.
***********************************
Eu não queria mais falar de política tão cedo. Porque estou tão desolée etc. Mas as pesquisas de intenção de voto nas capitais acabam me deixando no chão. Principalmente a pesquisa do Rio de Janeiro. Eu costumava conversar com a Angélica sobre isso. Sobre como a esquerda não conseguiu mesmo se apresentar como uma alternativa na cidade*. E a gente falava sobre aqueles rachas célebres do PT carioca. Na época de Vladimir Palmeira. Idos. Mas que ajudavam a explicar. O que me causa impressão, entretanto, esse ano, é o pífio desempenho do Gabeira. Que virou arauto nacional da moralidade. Uma pessoa que a gente sabe que é 100% caráter e tal. Daí eu andei relendo o Visconde Partido ao Meio. Porque ando eu. Partida ao meio. Li por causa de auto-ajuda mesmo. E eu só via na metade boa, o Gabeira. E um pouco da Soninha também. Esse livro do Calvino é sobre isso aí. Um visconde que se parte ao meio. E metade é toda maldade. E metade é toda bondade. E a metade maldade assusta. E a metade bondade dá no saco de qualquer cristão. É um dos melhores livros do mundo blábláblá. Coisa que sempre acontece quando signore Ítalo pega uma caneta. Daí que a gente, quando lê o livro num momento desses, fica vendo. O PT partido ao meio. E o problema é que a metade boa do PT (Gabeiras, Soninhas e Heloísas) é totalmente desconectada da complexidade dos problemas sociais. Esse papo de ciclovia**, por exemplo. É um pouco ridículo. Tem que ter ido em São Paulo pra saber que não resolve assim la questã. Eu lembro do meu professor de história do cursinho do Intergraus. Dizendo que São Paulo foi construída numa região de várzea**. Então que as enchentes não tinham solução. E qualquer um que dissesse que tinha, tava mentindo. Foi interessante pra mim, na época. Porque eu tava morando na tal da capital e havia uma campanha made in Erundina. Dizendo que a culpa das enchentes era da gente. Que jogava lixo e entupia bueiro. E isso pra mim é ciclovia, sabe? Porque é óbvio que a população tem que parar de entupir bueiro. Mas reduzir a questão a isso, hein? É desconhecer a estrutura das cidades. Que precisa ué. De engenheiros e coisas menos simpáticas etc. Mas não é isso que eu queria dizer. O que eu queria dizer é que o carioca, acho, não confia no Gabeira. Embora saiba a boa pessoa que ele é. O protestante do livro do Calvino, fica gritando, sem parar. Peste e carestia. Pra lembrar as pessoas quão graves são os problemas e fazê-las trabalhar além do limite e sorrirem pouco, porque o mundo não é brinquedo. Daí no Rio, parece isso. O Gabeira fazendo o Bom e Crivella gritando. Peste e carestia.
*Beijo, Brizola, saudade.
**E pode ser uma caricatura minha, isso. Sei que toda vez que eu vejo a fuça do Gabeira e da Soninha já penso logo em bicicleta.
***Eu sempre cito esse exemplo aqui, eu sei. Mas é que realmente foi marcante pra mim. Porque eu tava na época de FUVEST. E então tava juntando todo o conhecimento que eu tinha na vida. E eu morava perto da marginal Pinheiros. E eu sabia que o Egito é um dom do Nilo. E eu nunca tinha feito a associação. Mesmo passando diariamente na marginal. Eu não tinha conseguido pensar sozinha isso. E eu digo que as coisas que esse professor falou me fez perceber o tal lance. Que informação não é conhecimento.
Oh, sim. Da parte que me toca eu gostaria de ver o remendo do PT. As duas partes sendo atadas etc. E vai encher o meu saco. O processo de hillaryzação que deve vir pra cima da Marta. Principalmente da parte da Soninha. Tipo a Marta como a parte má. Enche o saco. Partidos ao meio e orgulhosos disso. Enche mesmo.

do Solda


Bazar da fé....

Enviado por Jose de Arimathéia.
Obrigada!

No Pá-raná!


Quer saber da política do Paraná? Clique no Fábio Campana. Lá tem a Escolinha do Rei.

Escher

Que tal?

Braziu!

Braziu!

Arquivo do blog

Marcadores